2 comentários para “Evangelho de hoje (25/02/2011) Marcos 10, 1-12”

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Camiseta Católica, Grupo de Jovens. Grupo de Jovens said: Evangelho de hoje (25/02/2011) Marcos 10, 1-12 – Jesus saiu daquele lugar e foi para a região da Judéia que fica no … http://ow.ly/1buIwP [...]

  2. Edivan Rodrigues da Silva

    fev 25th, 2011

    Evangelho Mc 10, 1-12

    O casamento é indissolúvel, amor para sempre. Não separe, pois, o que Deus uniu.

    O casamento é uma unidade entre homem e mulher no projeto de Deus, a vida humana nasce e cresce no ninho de amor, claro que não são tão fáceis, mas com certeza ninguém quer viver sozinho. Mas sabemos que é muito difícil viver juntos. Quando acontece o relacionamento e chega-se ao casamento é quando começa os conflitos, os desentendimentos, a discórdia, a traição e consequentemente ai surgem as separações.

    Os fariseus desafia Jesus lembrando a lei do Deuteronômio onde está no cap. 24, 1 que permitia o divórcio, Jesus responde dizendo que essa lei era apenas um remendo no projeto original de Deus e que a separação era permitida porque os homens são duros de coração, da insensibilidade humana ao amor, que sempre nasce com a vocação de eternidade. O amor diante de dos homens pode acabar, mas diante de Deus será para sempre e sempre. Por isso Jesus diz: quem se separar e divorciasse de sua mulher ou de seu marido e casar-se de novo cometerá adultério, isto é traição.

    Caríssimos irmãos sabemos que a convivência a dois não é tão fácil, mais se consegue ainda através do dialogo, da vivencia cristã e com muita perseverança viver uma vida a dois, sem traição e com amor sincero e responsável, sabendo-o respeitar-se mutuamente e sempre juntos, buscando o fortalecimento de uma união fundamentada como observamos no livro Gênesis capitulo 2, versículo 24 que diz : Por isso o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne.

    O casamento tem um fundamento tão forte que rompe os lações com os pais e deixa o casal livre para edificar e construir nova família para si e para a humanidade. Meus queridos irmãos não há como substituir a sabedoria de Deus pela mesquinhez e caprichos dos homens.

    Peço permissão para colocar um exemplo de família, que são meus queridos pais, que partilham de uma união matrimonial há 67 ( sessenta e sete anos) onde eles edificaram uma família de 11 (onze filhos), nada para Deus é impossível, não podemos e não devemos concordar que o casamento de hoje em dia mudou, não as coisas de Deus não se mudam e sim se aprimoram, se transforma em coisas maravilhosas da vida em Deus. É por isso que não devemos considerar e não aceitar que o casamento hoje é descartável.

    O catecismo da igreja parágrafo 372 está bem apropriado ao evangelho de hoje vejamos: O homem e a mulher são feitos “um para o outro”; não que Deus os tivesse feito apenas “pela metade” e “incompletos”; criou-os para uma comunhão de pessoas na qual cada um dos dois pode ser “ajuda” para o outro, por serem ao mesmo tempo iguais enquanto pessoas (“osso de meus ossos…” e complementares enquanto masculino e feminino. No matrimônio, Deus os une de maneira que, formando “uma só carne”, possam transmitir a vida humana. Ao transmitirem a seus descendentes a vida de uma forma única na obra do Criador.

    Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.


Deixe seu comentário