1 comentário para “Evangelho de hoje (27/02/2012) Mateus 25,31-46”

  1. Edivan rodrigues da silva

    fev 27th, 2012

    Quando o filho do homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. (Mt 25, 31)

    Eis o tempo de conversão, eis o dia da salvação (2 Cor 6,2).

    Jesus deseja que todos os cristãos sejam santos, é só seguir e colocar em pratica seus mandamentos!

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs iniciamos mais uma semana para vivenciarmos a palavra de Deus e também viver a Quaresma tempo forte de jejum, oração e de reconciliação. O preâmbulo desse evangelho nos orienta como chegar à santidade, amando o próximo, partilhando e ajudando aos necessitados.

    A busca da santidade é movida pela santidade de Deus, e o meio para chegarmos a ela nos é apresentado pelo próprio: “Tudo o que fizerem ao menor dos meus irmãos a mim o farão” Aquele que vive na autenticidade e no amor ao próximo, mesmo não conhecendo o evangelho, é convidado a participar do reino de Deus.

    Neste evangelho é apresentado o juízo final, mostrando qual o conteúdo do julgamento definitivo. Não inteiramente errado se pensar como na historia que o juízo final só acontecerá quando o mundo acabar, mas talvez parcial. Depois do testemunho dado por Jesus em sua vida terrestre, o mundo inteiro já entrou no juízo final. O seu testemunho colocou a humanidade em estado de julgamento, pois ele revelou quem é Deus e quem é o humano, imagem de Deus.

    Somos espelho que reflete para Deus a verdade de todos e de cada um. O juízo final vem acontecendo sempre, e para todos. Claro que sentimos medo ao pensar nele. Mas o que é julgamento? Costumamos imaginar sentenças de castigos catastróficos, às vezes por causa de ninharias morais. E não é isso. O julgamento na Bíblia é a revelação da verdade onde todas as coisas perdem sua máscara e se mostram como realmente são diante de Deus, que é espelho perfeito onde tudo pode se refletir e se reconhecer.

    O julgamento do nosso Pai maior não é arbitrário. Ele apenas nos mostra a verdade. Quem julga e dá a sentença somos nós mesmos, porque não podemos escapar diante das evidencias. E com tudo isto já se sabem quais os critérios para o julgamento final. Como relata o evangelho o critério é a justiça, e a justiça é atender, dá atenção ao necessitado, não fazer maus julgamentos dos outros e nos posicionar ao lado da verdade, mesmo que sofremos com isto. Não vamos mais tarde quando do julgamento perguntar Senhor quando foi que aconteceu isto? E o resto já sabe conforme o evangelho indaga. Que a santíssima virgem Maria interceda por nós, ela é sabia e verdadeira. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.


Deixe seu comentário