1 comentário para “Evangelho de hoje (26/10/2012) Lucas 12, 54-59”

  1. Edivan Rodrigues da silva

    out 26th, 2012

    Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece.” (Lc 12,54)

    Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois revelaste os mistérios do teu reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25)

    A palavra de Deus nos revela e ensina que o amor conserva a união do corpo de Cristo.

    Caríssimos amados irmãos e irmãs um bom dia iniciando mais um final de semana e que a paz, harmonia e o amor permaneça em todos os corações e que realmente haja amor ao próximo.

    A Igreja, paciente com todos e responsável pela unidade entre as pessoas, tem o dever permanente de perscrutar os sinais dos tempos e interpretá-los à luz do evangelho, a fim de responder com propriedade às indagações da humanidade. (Liturgia diária).

    Esse evangelho narra a questão dos sinais que os fariseus, doutores da lei pede a Jesus e ele fala que não será dado nenhum sinal e que já foi dado e com certeza Jesus é o próprio sinal.
    Quando Jesus diz que vocês sabem discernir e sabem quando vai chover, fazer sol ou os ventos ficarão mais forte e vem o calor. Então Ele chama todos de hipócrita e diz: sabe tudo isso e não sabem interpretar o tempo presente? Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?

    O reino de Deus só chegará a cada um de nós se houver justiça e essa justiça é o nosso comportamento, compromisso, dialogo e o nosso dia a dia, temos que sermos reais naquilo que fazemos, temos que saber discernir as coisas do alto, Deus é Deus e nós apenas pequenas pessoas pecadoras que buscam um crescimento em sua palavra e que quer viver a paz e ser cristão perseverante sem exigir de Deus os sinais para seguimento da doutrina e religião, tudo isso pode ser possível quando paráramos para meditar, refletir e buscar conhecer os mandamentos e ensinamentos da palavra de Deus.

    Um sinal importante que se deve colocar sempre a frente de tudo é saber viver o perdão e quando o fizer faça de coração, saber também reconciliar-se com o próximo com isso o amor surgirá, a graça de Deus estará em cada um de nós. Não podemos pensar em utopia, E sim unirmos irmos na mesma direção de um Deus que pode tudo e com certeza chegaremos ao fim da injustiça e o Reino da Justiça acontecerá.

    Nossa Senhora da Apresentação rogai por todos nós. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.


Deixe seu comentário