1 comentário para “Evangelho de hoje (18/03/2013) João 8,1-11”

  1. Edivan Rodrigues da silva

    mar 18th, 2013

    Não quero a morte do pecador, diz o Senhor, mas que ele volte se converta e tenha vida. (Ez 33,11).

    Disse Jesus aos fariseus: “eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida.”

    Se vivermos os ensinamentos de Jesus Cristo, viveremos na verdade, pois o Cristo é a verdade.
    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia, que a luz e a verdade do Cristo penetrem em nossos corações e possamos seguir e viver em unidade na nossa família e comunidade em que vivemos.

    Jesus se apresenta como luz que conduz à humanidade no caminho da vida e afasta para longe as trevas da mentira e da opressão. A Igreja tem a missão de fazer que essa luz não seja ofuscada, mas brilhe sempre, mas. (Liturgia Diária).

    No evangelho de hoje vemos mais uma vez a polemica que os fariseus fazem é algo que só sabem fazer buscam sempre algo que venha a censurar e querer julgar o que Jesus significa para o povo. Jesus é a luz do mundo que quer dizer a luz da vida, da alma e também o verdadeiro sal da terra como diz Mateus (5,13).

    Jesus veio para formar a nova aliança do todo o povo de Israel, quer dizer todo aquele que quiser a vida eterna é só segui-lo, já os fariseus e outros não se definem a quem seguir e não sabiam qual o seu destino. Se seguirmos Jesus sabendo que ele é de verdade o filho de Deus e que nos dá uma vida de luz e de salvação estaremos no caminho certo.

    Para isso temos que ter fé e praticar o bem ao nosso próximo por toda a nossa vida. Com certeza não podemos imitar os fariseus quando diz que Jesus não pode dar testemunho dele próprio, é claro que pode, pois ele sabe de onde veio e para onde ele vai, nós é que temos que nos esforçar para dá testemunho de Jesus seguindo e anunciando a sua palavra, com isso esperamos ganhar a vida eterna.

    O mistério da santíssima Trindade é o mistério central da fé e da vida cristã. É o mistério de Deus em si mesmo. É, portanto, a fonte de todos os outros mistérios da fé, é a luz que os ilumina. É o ensinamento mais fundamental e essencial na “hierarquia das verdades de fé.” “Toda a história da salvação não é senão a história da via e dos meios pelos quais o Deus verdadeiro e único, Pai, Filho e Espírito Santo, se revela, reconcilia consigo e une a si os homens que se afastam do pecado.” ( § CIC 234)

    Santíssima virgem Maria rogue por todos nós. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.


Deixe seu comentário