1 comentário para “Evangelho de hoje (01/04/2013) Mateus 28, 8-15”

  1. Edivan Rodrigues da silva

    abr 1st, 2013

    Este é o dia que o senhor fez para nós, alegremo-nos e nele exultemos! (Sl 117,24)

    Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Sl 15 (16).

    A morte e ressurreição de Jesus é o acontecimento histórico que norteia toda a vida do cristão. Essa noticia tão importante na vida da humanidade foi vivida e anunciada pelas mulheres.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia cheio de entusiasmo e alegria vivemos a ressurreição de Cristo, e as Oitava da Páscoa, é vida nova para nós cristãos católicos, a vitória de Jesus sobre a morte marca a nossa existência e caminhada e fundamenta ainda mais a nossa fé.

    A vitória de Cristo sobre a morte marca a nossa existência e fundamenta a nossa fé. Sua presença entre nós nos enche de alegria. Ele nos convida a sair de nós mesmos, buscá-lo como salvador e redentor da humanidade. (Liturgia Diária)

    Alegrem-se! Jesus está vivo! Neste evangelho vemos a alegria contagiante das mulheres, mais ainda com medo partiram depressa do sepulcro e foram até os discípulos dizer da maravilha, que o Cristo tinha ressuscitado e estava vivo. A ressurreição de Jesus é anunciada de forma muito simples, mas cheia de significados, como já mencionamos acima, fora duas mulheres que depois do repouso Sabático (e por que sempre as mulheres?). Elas testemunharam a morte e a sepultura de Jesus. Agora vão ali, à espera do que? No mesmo lugar estavam os guardas destacados por Pilatos. As mulheres representantes do compromisso com Jesus esperaram que acontecesse alguma coisa. Eles representantes dos inimigos, esperam que nada aconteça. Elas as mulheres acreditaram e com muita alegria e medo também anuncia a grande vitória do Cristo ressuscitado.

    Ainda no evangelho vemos a trama dos sumos sacerdotes e anciãos, por que as autoridades têm tanto medo? Eles foram avisados pelos guardas que o tumulo estava vazio. Reúne-se, portanto, o grande conselho. E agora, curiosamente, já que não conseguiram impedir os fatos, não conseguiram mesmo matar a Jesus, vão tentar negar os fatos. Aí vêm as astúcias malignas e diabólicas do dinheiro, uma quantia certa, compra qualquer coisa.

    Já que a causa de Jesus, ou a causa da justiça, não foi impedida por motivos “religiosos” e políticos, agora a questão vai pelo “ferro e fogo”, isto é, pelo dinheiro que, para muitos, é deus (observe o capitulo 6,24 de São Mateus). Não vamos muito longe e nos nosso dia a dia, vemos essa pratica insuportável a preço de suborno que as pessoas são enganadas e passam a acreditar que Jesus e sua causa não merecem crédito. Até hoje a coisa funciona assim. As autoridades injustas são outras, mas o suborno continua o mesmo. Quem é que não está disposto a receber uma “grande soma em dinheiro”, e ainda ficar de bem com os poderosos? Somente aqueles que se comprometeram com a justiça anunciada e praticada por Jesus.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs,. Então nós que caminhamos numa estrada com muitas dificuldades de caminhar acreditamos sim que o Cristo ressuscitou e está no meio de nós, ele é a nossa salvação e nos dá vida eterna. Cuidado? Não queremos julgar ninguém mais a armadilha vive pronta e ao nosso alcance, pensemos para onde ir? Santíssima virgem Maria nos encaminhe para o caminho que leva a seu filho Jesus. Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.


Deixe seu comentário