1 comentário para “Evangelho de hoje (16/05/2013) João 17, 20-26”

  1. Edivan rodrigues da silva

    mai 16th, 2013

    Para que todos sejam um, diz o Senhor, como tu estás em mim e eu em ti, para que o mundo possa crer que me enviaste. (Jo 17,21)

    Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Sl 15(16)

    É necessário dá testemunho de Jesus em todos os tempos e lugar para que as pessoas alcancem a perfeita unidade e que fiquem para trás os conflitos e divisões.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia sincero, com amor e esperança que um dia veremos a gloria de Deus. O importante é que busquemos a unidade dentro de nosso lar e também na comunidade em que vivemos. A paz e fé é o caminho que se busca para uma conversão em Jesus Cristo. Lembre-se que nesta quinta feira dia de adoração a Deus, o Santíssimo estará exposto no altar de sua Paroquia, capela para sua adoração.

    A oração sincera e com os pés no chão desperta em nós o sentido da missão além-fronteiras e nos leva a pedir por toda a humanidade. É consolador saber que fomos lembrados por Jesus em sua oração. (Liturgia Diária).

    Continuamos com o capitulo 17 A oração sacerdotal Jesus hoje reza por nós, sentimo-nos importante é Jesus que pede ao Pai por aqueles que são dele e que nenhum mal venha a nos atingir. Aqueles que ainda desconhecem os ensinamentos e mandamentos do Cristo busquem com afinco e gozará das da mesma forma daqueles que seguem a Jesus.

    Jesus pede para que nós humanidade sejamos um só que busca a sua graça para poder ter uma vida santa e que mais tarde possa encontrar-se com Jesus na glória de Deus Pai. Hoje muitos vivem no mundo criado pelo Pai, mais não conhecem o verdadeiro Cristo enviado pelo Pai. Então caríssimos e amados irmãos e irmãs Jesus nos conhece e reza por nossa família e pela nossa unidade. O importante é ter a certeza que Jesus está em nosso coração e que não podemos perder essa graça que o Pai nos dar gratuitamente de testemunhar que ele é o caminho, verdade e vida.
    Que possamos sim viver na paz, na harmonia e vivenciar a sua Palavra que é vida e salvação.

    Pedimos a Deus que faça que toda a Igreja seja testemunha de unidade e ensinai-nos a respeitar as outras manifestações religiosas. Que a Santíssima Virgem Maria Mãe de Deus rogue a seu Filho por todos nós. Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.

    Ano da fé – Papa emérito Bento XVI – CIC § 1083 – Compreende-se então a dupla dimensão da liturgia cristã como resposta de fé e de amor às “bênçãos espirituais” com as quais o Pai nos comunica. Por um lado a Igreja, unida a seu Senhor e “sob a ação do Espírito Santo”, bendize o Pai “pelo seu dom inefável” através da adoração, do louvor e da ação de graças. Por outro lado, e até a consumação do projeto de Deus, a Igreja não cessa de oferecer ao Pai “a oferenda dos seus próprios dons” e de implorar que Ele envie o Espírito Santo sobre a oferta, sobre si mesma, sobre os fiéis e sobre o mundo inteiro, a fim de que pela comunhão com a morte e a ressurreição de Cristo-Sacerdote e pelo poder do Espírito, estas bênçãos divinas produzam frutos de vida “para louvor e glória de sua graça”.


Deixe seu comentário