1 comentário para “Evangelho de hoje (17/05/2013) João 21, 15-19”

  1. Edivan rodrigues da silva

    mai 17th, 2013

    O Espírito Santo, o paráclito, haverá de lembrar-vos de tudo o que tenho falado. (jo 14,26)

    O Senhor pôs o seu trono lá nos céus. Sl 102(103)

    Somente quem tem muito amor consegue ser fiel à missão confiada pelo Pai e se dispõe a dar testemunho de Jesus até o fim.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia, que possamos juntos elevar o nosso coração a Deus rogando a ele por todos aqueles que são excluídos e injustiçados no seu dia a dia. Desejamos a todas as famílias um final de semana com muita paz e benção de Deus.

    A disposição de servir os outros e ser fiéis a esse compromisso envolve, antes de tudo, estar firmes no amor. Quem ama não se deixa levar apenas pelo entusiasmo momentâneo nem desiste diante das dificuldades, por maiores que sejam. (Liturgia Diária)

    Neste evangelho de hoje vemos a manifestação de Jesus diante de seus discípulos e pergunta a Pedro se ele o ama e Pedro responde: Sim Senhor tu sabes que te amo, então apascenta as minhas ovelhas e assim perguntou três vezes e Pedro chorou lembrou-se de quando o tinha negado, mais Jesus o conhecia seu coração e sua lealdade para com Jesus. Então pediu para ele apascentar as suas ovelhas e cordeiros que quer dizer conduzir a sua Igreja após Ele subir aos céus.

    Jesus disse a Pedro quando tu eras jovem, tu te cingias e ias para onde querias. E quando fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te cingirá e te levará onde não queres ir. Jesus falava disse especificando com que tipo de morte Pedro passaria para glorificar a Deus, e pedia que todos o seguissem.

    Pedimos a Deus coragem e força para todos que saem para evangelizar e revigorar a coragem dos que enfrentam os poderes injustos do mundo. Que a Santíssima Virgem Maria nos guie num caminho que nos levem a unidade e que sejamos perseverantes na fé. Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.

    Ano da fé Papa emérito Bento XVI – CIC § 2038 –
    Na obra de ensinar e aplicar a moral cristã, a Igreja, necessita do devotamento dos pastores, da ciência dos teólogos, da contribuição de todos os cristãos e de todos os homens de boa vontade. A fé e a pratica do Evangelho proporcionam a cada fiel uma experiência da vida “em Cristo”, que o ilumina e o torna capaz de apreciar as realidades divinas e humanas segundo o Espírito de Deus. Assim é que o Espírito Santo pode servir-se dos mais humildes para iluminar os sábios e os constituídos em dignidade mais alta.


Deixe seu comentário