1 comentário para “Evangelho de hoje (03/07/2013) João 20, 24-29”

  1. Edivan rodrigues da silva

    jul 3rd, 2013

    Acreditaste Tomé, porque me viste. Felizes os que creem sem ter me visto. (Jo 20,29)

    Ide por tudo o mundo, a todos pregai o evangelho. Sl 116(117).

    Somos irmãos e caminhamos numa mesma direção participante da mesma construção cuja pedra central é Jesus, que nos ensina como seremos felizes.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia, que possamos juntos construir dias melhores e que a paz possa reinar em todas as famílias, bem como no nosso estado e no país em que vivemos. Deus de misericórdia tende piedade do povo que vive excluso dentro do seu próprio lar.

    Hoje a Igreja celebra a festa de São Tomé, Apóstolo (Palestina, sec. I), um dos doze apóstolos, é muitas vezes tomado como exemplo de incredulidade, embora tenha sido motivo de uma bem-aventurança por parte de Jesus. Em sua vida a descrença cede lugar à bela profissão de fé: “Meu Senhor e meu Deus”. (Liturgia Diária).

    O evangelho de Hoje o evangelista São João fala sobre a incredulidade de Tomé e que mais tarde acreditou que Jesus tinha mesmo ressuscitado. Veja bem se Jesus enviou todos os seus apóstolos e também todos os povos para irem ao mundo e anunciar a sua palavra com certeza devemos crer que Jesus é o filho verdadeiro de Deus pai, mais quantas vezes imitamos a Tomé, Pedro e até mesmo a Judas , pois desacreditando, negando, traindo e por ai vai.

    Mas tudo isso temos com certeza um Deus que é misericórdia, perdão, compaixão e que nos dá vida eterna. Então é só reconhecer como Tomé, mesmo o Cristo dizendo para nós só estás acreditando porque passastes por sofrimentos, dificuldades e eu te socorremos, na vida acontece é real e somos sujeitos a todas as provas, então pedimos ao Deus da vida que nos dê força, coragem, sabedoria e discernimento para sermos realmente cristãos e evangelizadores fiéis ao teu chamado e sempre poder dizer “Meu Senhor e meu Deus!”

    Pela intercessão da Santíssima Virgem Maria nos conceda Senhor que semeamos a tua palavra para crescimento do teu reino. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.

    Ano da fé Papa emérito Bento XVI CIC § 207 – Ao revelar seu nome, Deus revela ao mesmo tempo a sua fidelidade, que é de sempre e para sempre, válida tanto para o passado (“Eu sou o Deus de teu pai” Ex 3,6) como para o futuro: (“eu estarei contigo”, Ex 3,12). Deus que revela seu nome como “Eu sou” revela-se como o Deus que está sempre presente junto ao seu povo para salvá-lo.


Deixe seu comentário