1 comentário para “Evangelho de hoje (19/07/2013) Mateus 12, 1-8”

  1. Edivan rodrigues da silva

    jul 19th, 2013

    Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem. (Jo 10,27)

    Quero a misericórdia e não o sacrifício, não teríeis condenado os inocentes.

    O sangue do cordeiro imolado será sinal de salvação para o povo de Israel.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia e já desejando um final de semana de muita paz para as famílias, e que todos nós possamos participar no domingo que virá participando da eucaristia e que ela renove os nossos corações e Jesus nos abençoe sempre.

    A proposta libertadora de Deus nem sempre é facilmente compreendida e acolhida. Ela enfrenta a resistência dos poderosos e dos adversários do projeto de vida digna para todos. (Liturgia diária).

    Vemos que Deus está acima de tudo, seu Filho Jesus é enviado para acolher todos os necessitados ele não quer que ninguém faça nada acima de suas possibilidades e seguir a ele é preciso desapego, desprendimento e ser fiel na sua conduta, com isso não quer dizer que vamos esquecer o mundo em nossa volta, não é isso devemos nos comportar como cristãos que luta pela justiça.

    Em evangelhos anteriores vemos que Jesus diz que se faz necessário viver no meio de lobos, ai vê como nos comportamos, porque nem tudo que nos oferece é bom, devemos observar os seus ensinamentos e sua Lei, amando primeiramente a Deus sobre todas as coisas e assim estaremos caminhando num caminho que nos leva a vida eterna. Com certeza Deus sabe muito bem que não somos melhores não porque não queremos, mas porque não conseguimos. Por isso ele mandou o seu Servo, para salvar o que era possível, sem perder nada.

    Sabe quem é o Servo? (Jesus é esse Servo anunciado por Isaias, Is 42,1-4) Pedimos a Deus para que o nosso conhecimento esteja sempre a serviço da Igreja e do bem do próximo e para que as famílias se orientem pelos ensinamentos do evangelho.

    Santíssima Virgem Maria nos guie nessa caminhada a seu filho Jesus e que é vida eterna. Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.

    Ano da fé papa Bento XVI – CIC §§ 222-223-224 – O alcance da fé no Deus Único.

    Crer em Deus, o Único, e amá-lo com todo o seu ser, tem consequências imensas para toda a nossa vida:
    Significa conhecer a grandeza e a majestade de Deus: “Deus é grande demais para que o possamos conhecer”. (Jo 36,26). É por isso que Deus deve ser o “primeiro a ser servido”.
    Significa viver em ação de graças: Se Deus é o Único, tudo o que somos e tudo o que possuímos vem dele: “Que é que possuis, que não tenhas recebido?” (1 Cor 4,7). “Como retribuirei ao Senhor todo o bem que me fez?” (Sl 116,12).


Deixe seu comentário