1 comentário para “Evangelho de hoje (08/01/2014) Marcos 6, 45-52”

  1. Edivan Rodrigues da silva

    jan 8th, 2014

    Evangelho Marcos 6,45-52 08/01/2014 (Comentários)

    Jesus obrigou os discípulos a entrarem na barca
    e irem na frente para Betsaida, na outra margem,
    enquanto ele despedia a multidão. (Mt 6,45)

    Ao anoitecer, a barca estava no meio do mar
    e Jesus sozinho em terra. (Mt 6,47)

    A fé é construída pelos nossos atos de caridade. – ers.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia que Deus nos conceda a graça de compreendermos seus ensinamentos e mandamentos, continuando firme na nossa caminhada e não temendo aos desamores do dia a dia.

    O Evangelho nos mostra o medo dos discípulos e perguntamos por que tanto medo? Jesus está conosco! Enquanto Jesus reza no monte, a barca dos discípulos está velejando no lago de Genesará. Jesus os tinha obrigado a ir para o “outro lado”, isto é, para a terra dos pagãos. Para quê? Certamente para ensinar aos outros povos que a partilha é que constrói uma sociedade nova. Mas sair de casa para ir até os outros não é coisa fácil.

    Vemos que o mar está agitado, cheio de ventos fortes e ondas. O que significa isso? Claro que significa a resistência dos discípulos, e a resistência de todos nós em compreender que o projeto de Deus é para todos, e não apenas para nós. Também constamos que em alta madrugada Jesus vai até os discípulos, andando sobre as aguas. Ora, isso era prerrogativa de Deus (cf. Jó 9,8). Veja como pensa os discípulos quando vê Jesus caminhando sobre as aguas: gritam assombrados e pede socorro a Jesus dizendo é um fantasma e Jesus os mantem calmo dizendo não temas sou eu tenham coragem, não tenham medo e sabemos que este é o modo como Deus nos trata e nos socorrem.

    O Evangelho nos mostra que mesmo com a multiplicação dos pães em evangelhos anteriores os discípulos continuavam sem entender nada e no evangelho em epigrafe mostra que os discípulos não tinham ainda crescido na fé. Mais conosco acontece multo isso muitas vezes estamos no alto mar e nas profundas provações e dificuldades de nossas vidas e pedimos socorro a Jesus e ele sempre está conosco e nossa fé não alcança, não acompanha o verdadeiro milagre que é a nossa vida.

    Mesmo fraco na fé temos que ter a certeza que Jesus é o único que nos da vida plena e salvação, portanto podemos sim agradecer por nossa vida, nossa família e nossa comunidade e que podemos em oração e caridade podemos vencer todos os ventos e tempestade que venha surgir em nossa vida, devemos ser fraternos e manter a alegria de ser cristão e ser filho do Deus amado. Santíssima Virgem Maria Mãe de Deus nos conceda a graça de sermos sempre obedientes e viver o santo Evangelho que é a verdadeira palavra de Deus. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado.

    Antes de falar de algumas questões fundamentais relativas à ação evangelizadora, convém recordar brevemente o contexto em que temos de viver e agir. É habitual hoje falar-se de “excesso de diagnostico”, que nem sempre é acompanhado por propostas resolutivas e realmente aplicáveis. (Evangelii Guadium – Papa Francisco).


Deixe seu comentário