1 comentário para “Evangelho de hoje (13/05/2014) João 10, 22-30”

  1. Edivan Rodrigues da silva

    mai 13th, 2014

    Evangelho – João 10,22-30 13/05/2014 (Comentários)

    Os judeus rodeavam-no e disseram: ‘Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente. (Jo 10,24).

    Jesus respondeu: ‘Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; (Jo 10,25).

    Escravo é aquele que se deixa levar pela devassidão. ers.

    Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Cristo um bom dia hoje pedimos a intercessão de Nossa Senhora de Fatima para que sejamos obediente na caminhada de evangelização e que sejamos fieis ao nosso Deus todo poderoso.

    A festa da Dedicação não aparece registrada em nenhum outro lugar da Bíblia. Celebrava-se em dezembro. Santo Agostinho recorda que o final da revelação, como no final do ano, estava se aproximando: Era inverno e estavam gelados; não faziam nenhum esforço para se aproximar desse fogo divino. Os judeus rodeiam Jesus (formam um círculo a seu redor), tal como faziam os violentos contra o justo (Sl 21{22},13-14. Jesus mergulha nas raízes dessa incredulidade. Esses judeus continuam a rebeldia multissecular do Israel incrédulo diante da aliança de Deus. Em troca, suas ovelhas escutam sua voz, Jesus as conhece e elas o seguem. (Preambulo da bíblia).
    No evangelho de hoje João evangelista mostra-nos o diálogo de Jesus com os judeus, a respeito das duvidas que eles tinham a respeito do verdadeiro Messias e vemos os judeus dizendo até quando nos deixarás em duvidas? Se és realmente o Messias, fala abertamente para que nós fiquemos sossegados. Jesus diz: Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. E Jesus também fala das obras que fez e que tudo foi feito com a graça do Pai que está nos céus, claro que Jesus dava testemunho de Deus e estavam abertamente para todos que abrissem os seus corações e deixasse entrar a graça de Deus, fazendo-o assim com certeza ficaria mais fácil de entender e saber que o Messias era o verdadeiro Filho de Deus e também o bom Pastor.

    Jesus também diz que eles não pertencem ao seu rebanho, é bom ficar claro que Jesus não estava excluindo os judeus, mais ele próprio se afastavam e não davam crença e nem tampouco acreditava que Jesus era o Messias. Que Deus Pai nos iluminem e que possamos abrir nossos ouvidos e corações para poder sempre ouvir a voz do Bom Pastor e que temos a certeza que ele nos dá vida em abundância e que um dia nos levará aos céus.

    Pedimos a Deus pelos pastores da Igreja, para que se assemelhem sempre ao Bom Pastor e que as famílias possam viver como testemunhas autentica do evangelho e anunciar a todos que ainda desconhecem o verdadeiro Pastor. Santíssima Virgem Maria nos guie para que possamos junto ao seu filho Jesus o bom Pastor levar a sua Palavra com retidão, coragem, discernimento, sabedoria e perseverança. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, para sempre seja louvado..

    A oração de fé não consiste apenas em dizer “Senhor, Senhor”, mas em levar o coração a fazer a vontade do Pai. Jesus convida os discípulos a terem, na oração, a preocupação de cooperarem com o plano divino. (CIC 2611)


Deixe seu comentário